Santinho de Papel para promessa com Oração de São José de Anchieta
Product ID: 66
New In stock
Santinho com Oração São José de Anchieta

Santinho com Oração São José de Anchieta

 
Simulador de Frete
- Calcular frete

Santinhos com Oração de São José de Anchieta
Escolha a embalagem com 100, 500 ou 1.000 e depois é só clicar em "Comprar".

Impresso em papel couchê 90g (fino) - colorido frente e verso.
Tamanho 7x10cm.

Santinhos de papel para promessas ou para promoção e propagação da fé.

A oração está impressa exatamente da maneira como na imagem.
Para personalizações, envie email para contato@ajudadivina.com.br

Loja virtual de artigos religiosos católicos Ajuda Divina. 
Produtos religiosos católicos, presentes religiosos, jóias religiosas, Camisetas Católicas, Santinhos, faixas e muito mais. Compre agora e com segurança!

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.

Características



    HISTÓRIA DE SÃO JOSÉ DE ANCHIETA
    José de Anchieta nasceu em 19 de março de 1534 em São Cristóvão de La Laguna, Tenerife, Ilhas Canárias, Espanha. Em 13 de julho de 1553, com 19 anos chegou ao Brasil, país que foi o palco de sua vida e obra.

    Foi sacerdote, missionário, professor, historiador, gramático e poeta.

    É considerado fundador ou iniciador da literatura, teatro e poesia brasileira. Exerceu função de médico e enfermeiro, aprendendo com os índios a utilização das plantas medicinais . Escreveu sobre zoologia e botânica do Brasil.

    Seu nome está escrito entre os fundadores da cidade de São Paulo, Rio de Janeiro e Outras. Em 1563, ao lado do Pe. Nóbrega, Anchieta negociou a paz com os índios tamoios, escrevendo durante os cinco meses que permaneceu como refém, o famoso poema à Virgem Maria. Em 09 de junho de 1597 morreu em Anchieta, Espírito Santo e foi proclamado Apóstolo do Brasil.

    Nos 44 anos que viveu no Brasil foi respeitado e venerado por todos; índios, portugueses, espanhóis e brasileiros. Pelo esplendor de suas virtudes: humildade, coragem, paciência, benevolência, caridade, espírito de oração, pela fama de milagreiro e pelo culto que o povo brasileiro sempre lhe prestou, o papa João Paulo II o proclamou Beato, no dia 22 de junho de 1980.

    Canonização

    A 27 de fevereiro de 2014, o Papa Francisco anunciou que o Padre Anchieta seria canonizado em Roma, em abril de 2014.

    Após um processo de canonização de mais de 400 anos, o decreto foi assinado a 3 de abril de 2014. Em 24 de abril será a cerimônia de Ação de Graças, presidida pelo Papa, que será realizada na Igreja de Santo Inácio de Loyola. O Padre Anchieta é o segundo santo nativo das Ilhas Canárias, depois de Pedro de Betancur, cuja festa litúrgica se comemora em 24 de abril. Foi uma canonização por decreto ou canonização equivalente, sendo a sexta canonização pelo Papa Francisco, bem como o segundo jesuíta a ser canonizado pelo próprio Papa, depois do francês Pedro Fabro. Da mesma forma, foi a primeira canonização de 2014. O processo durou 417 anos e foi um dos mais longos da história. No dia 03 de abril de 2014, o Papa Francisco assinou o decreto que proclama a santidade do Padre Anchieta.

    fonte: http://www.beatojoseanchieta.com.br/Padroeiro.php

    Confira também