Santinho de Papel para promessa com Oração de São Luiz Gonzaga.
Product ID: 30
New In stock
Santinho com Oração São Luiz Gonzaga

Santinho com Oração São Luiz Gonzaga

 
Simulador de Frete
- Calcular frete

Santinhos com Oração de São Luiz Gonzaga
Escolha a embalagem com 100, 500 ou 1.000 e depois é só clicar em "Comprar".

Impresso em papel couchê 90g (fino) - colorido frente e verso.
Tamanho 7x10cm.

Santinhos de papel para promessas ou para promoção e propagação da fé.

A oração está impressa exatamente da maneira como na imagem.
Para personalizações, envie email para contato@ajudadivina.com.br

Loja virtual de artigos religiosos católicos Ajuda Divina. 
Produtos religiosos católicos, presentes religiosos, jóias religiosas, Camisetas Católicas, Santinhos, faixas e muito mais. Compre agora e com segurança!

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.

Características



    HISTÓRIA DE SÃO LUIZ GONZAGA
    Luís nasceu no dia 09 de março de 1568, em Mântua, Itália. Seu pai, Ferrante Gonzaga, marquês de Castiglione delle Stiviere e irmão do duque de mântua, desejava que seu primogênito, seguisse seus passos na vida militar. Para isso o pequeno Gonzaga recebeu educação esmerada, frequentando os ambientes mais sofisticados da alta nobreza italiana: côrte dos Médici, em Florença; côrte de Mântua; côrte dos Habsburgos em Madri. Contudo, aquele menino daria fama à família Gonzaga com armas totalmente diferentes, e quando foi enviado à Florença, na qualidade de pajem do grão-duque da Toscana, aos dez anos de idade, imprimiu em sua própria vida uma direção bem definida, voltando-se à perpétua virgindade.

    Após ter recebido a primeira comunhão das mãos de São Carlos Borromeu, decidiu, para surpresa de todos, pela vida consagrada, na Companhia de Jesus, derrubando por terra os interesses de seu pai, que o despachou para as côrtes de Ferrara, Parma e Turim.

    Mais tarde, Luís escreveu: "Também os príncipes são pó, como os pobres: talvez, cinzas mais fétidas". Renunciando ao título e à herança paternos, Luís aos catorze anos entrou no noviciado romano, sob a direção de São Roberto Belarmino, esquecendo totalmente sua nobreza e escolheu para si as incumbências mais humildes, dedicando-se ao serviço dos doentes, sobretudo na epidemia que atingiu Roma em 1590.

    Luís, morreu durante o 4º ano de Teologia no dia 21 de junho de 1591, com apenas 23 anos de idade, provavelmente tendo contraído a terrível doença: foi assim mártir da caridade e a Igreja o proclamou patrono da juventude e recentemente também protetor das vítimas da AIDS.

    fonte: http://www.saoluis.org.br/paroquia/pagsaoluis.htm

    Confira também